Recuperar palavra-passe

Head Official Ball M80 Rádio Drop Shot
Parceiros

Calendário 2013

Open Tamariz - 6ª prova do BMW Padel Tour – 500

Open Tamariz - 6ª prova do BMW Padel Tour – 500 BMW

Data

23, 24 e 25 de Agosto de 2013

Local

Clube de Ténis do Estoril



Descrição

Disputou-se no passado fim-de-semana no Clube de Ténis do Estoril a 6ª Prova do BMW Padel Tour 2013 – Open Tamariz. A organização esteve a cargo da Play Padel e o torneio teve um prize money de 1000 Euros na categoria de homens nível I, aliás única categoria homologada pela FPP. O Tamariz foi o grande patrocinador do evento e demonstrou assim mais uma vez o seu apoio ao padel nacional, que já vem de há algum tempo e pelos vistos vai continuar – para delícia dos jogadores de padel. O Culto da Imagem e a Nox também apoiaram a iniciativa e contribuíram para o sucesso da mesma.

Antes do torneio realizou-se um estágio da FPP, orientado por Alvaro Matador e Antonio “Pincho” – jogadores do WPT - que são agora a dupla de seleccionadores nacionais e que com Pedro Plantier (Director da FPP para as Selecções Masculinas e Desenvolvimento) constituem agora a equipa a orientar o Padel de Competição da FPP, com a ajuda ainda de Bruno Aguiar que é o Director de Formação. Os treinos tiveram lugar no CTE na 6ª feira, e no Nacional Padel (CNN) durante o dia de Sábado. Participaram os 16 melhores jogadores nacionais, escolhidos 10 por ranking e 6 por escolha do Director das Selecções. O estágio que pretendia ter a presença da elite das senhoras portuguesas, acabou por não ter nenhuma e não se realizar para as senhoras, pois das 16 convocadas só uma senhora estaria disponível durante os dois dias e outra senhora durante o dia de Sabado. A Directora das Selecções Femininas optou assim por não realizar o estágio para as senhoras e vai tentar nova convocatória para a próxima vinda dos seleccionadores nacionais.

A prova disputou-se na categoria de Masculinos I, homologada pela FPP e contava para o Ranking do BMW Padel Tour 2013, e nas categorias Open Masculinos, Open Femininos e Open Mistos. Estas últimas não são homologadas pela FPP pois podem participar jogadores não filiados, e não cobertos pelo seguro desportivo, não contando assim para o Ranking e não tendo que seguir os regulamentos da FPP, podendo o Organizador seguir os seus próprios regulamentos. Mas contribuindo assim para muita diversão e muitos jogos de bom nível entre muitos amigos que se juntam para competir entre eles.

Em Open Mistos, depois de uma fase de grupos com 12 Pares, passaram aos 1/4os de final as duplas João Alfama/Nazaré Paiva que derrotaram Claudia Rocha/João Faria por 9/4, José Leitão/Sandra Marques que derrotaram Daniela Carvalho/Nico Sturken por 9/2, João Silva/Luisa Gouveia que derrotaram Leonardo Santareli/Michelle Le Coq por 9/0, e por fim Paulo Araujo/Claudia Silva que derrotaram Ricardo Oliveira/Ana Espadinha por 9/2. Nas meias e depois de jogos bastante equilibrados, Paulo Araújo/Claudia Silva derrotaram Nazaré Paiva/João Alfama por 9/4, e João Silva/Luisa Gouveia derrotaram Sandra Marques/José Leitão por 9/8 com 7/5 no tie break. Esta foi uma grande guerra que envolveu uma Ex Campeã Nacional Absoluta de Ténis Sandra Marques, e a actual Campeã Nacional de Veteranas, e quase imbatível na sua categoria em Ténis Luisa Gouveia. Na final Luisa Gouveia/João Silva, apesar de não serem federados em Padel, puxaram dos seus fundamentos de grande nível tenístico e bateram Paulo Araújo/Claudia Silva por 6/4 e 6/0. Esta uma dupla a observar nos próximos torneios.

Em Masculinos Open, como havia muitos pares tiveram que dividir em 2 grupos que se chamaram Open Masculinos II e Open Masculinos III. Estes últimos jogaram um round robin entre os 5 pares e passaram à final Nuno Trezentos/Francisco Carvalho e Niko Sturken/Miguel Silva. A Guerra foi dura e ficámos com a sensação que qualquer destes pares poderia ter facilmente jogado no em Open Masculinos II. Os primeiros acabaram por vencer os últimos por 6/3 e 6/4 e venceram a primeira prova oficial em que participaram.

Já em Open Masculinos II participaram 14 pares que formaram 4 grupos entre si. Depois da fase de grupos, já nos 1/4os de final, Paulo Araujo/Nuno Faria venceram Pedro Roxo/Rui Martins por 9/4, Pedro Caetano/Gonçalo Santos venceram Pedro Rojão/Nuno Serrano por 9/1, Daniel Teixeira/Francisco Gorjão venceram Miguel Branquinho/Luis Barros por 9/2, e Alberto Garcia/André Ramirez venceram João Silva/José Leitão por 9/7.

Nas meias Daniel Teixeira/Francisco Gorjão tiveram grande disputa com Paulo Araújo/Nuno Faria mas acabaram por vencer por 6/2 e 7/6. Já Pedro Caetano/Gonçalo Santos venceram Alberto Garcia/André Ramirez por 6/2 e 6/1.

Na final toda a gente queria ver se Daniel Teixeira/Francisco Gorjão iam manter a invencibilidade demonstrada em todos os torneios da FPP, mas Pedro Caetano/Gonçalo Santos também queriam afirmar-se como a nova dupla a bater nos próximos torneios, e não iam deixar levar fácil. Ao fim de dois sets o placard dava um para cada par, e no Super Tie Break foram mesmo os últimos a vencer e a levar assim a taça dos primeiros para casa, com os parciais de 2/6, 6/3 e 10/4. No próximo torneio vamos ter guerra certamente e lá estaremos para ver quem levará a melhor.

Em Femininos Open, participaram apenas 4 pares que jogaram num grupo entre si e passaram dois pares directamente à final. Não houve surpresas e o par constituído por Nazaré Paiva/Claudia Silva venceram mais uma vez a prova derrotando Daniela Carvalho/Claudia Moreira pelos parciais de 6/0 e 6/3. Mais uma vitória a confirmar que são sem dúvida o par a bater no nível II dos torneios da FPP. Os adversários já as querem no nível I pois até agora não encontraram argumentos para lhes ganhar. Veremos este par para o ano no nível I? Fica a pergunta…

Nos Homens I, a única categoria que contava para o Ranking, havia a grande expectativa de ver os espanhóis do WPT a competir com as nossas duplas depois de cá terem estado no ano passado, e comparar a evolução do nosso padel. Também se falava muito sobre qual seria o desfecho de novo embate entre as duplas Vasco Pascoal/Diogo Rocha e Miguel Oliveira/João Bastos. Por fim todos queriam ver o que tinha a dizer a dupla Pedro Plantier/Tiago Santos que tinham estado ausentes dos últimos torneios e começavam a ser ameaçados na liderança do Ranking. E foram mesmo estas as duplas cabeça de série no torneio que só se veriam na final se passassem em primeiro lugar do grupo. Feitos os jogos de grupos passaram 2 pares de cada grupo para os 1/4os de final. Alvaro Matador/Antonio Pincho venceram Bruno Aguiar/José Barros por 6/1 e 6/3, Diogo Rocha/João Bastos venceram Ricardo Louro/Pedro Franchi por 6/1 e 6/4 depois dos últimos terem tido uma grande batalha na fase de grupos com João Plantier/Filipe Freitas, no que terá sido talvez o jogo mais disputado do torneio e que lhes deu o passaporte para os 1/4os. Miguel Oliveira/João Bastos venceram Diogo Taveira/Gonçalo Nicau por 6/2 e 6/2 – esta ultima dupla a gerar alguma expectativa pois nunca tinham jogado juntos e de acordo com algumas opiniões seriam um par bastante forte com alguma coisa a dizer no torneio. Mas notou-se alguma pouca habituação na parceria ao contrário do que se viu em Miguel Oliveira/João Bastos que já levam vários torneios a jogar juntos. Nos últimos 1/4os a dupla Pedro Plantier/Tiago Santos venceram Ricardo Oliveira/Eduardo Carona por 6/2 e 6/1 mantendo assim o seu favoritismo contra uma dupla formada por dois jogadores de direita. As meias colocaram Pedro Plantier/Tiago Rodrigues na frente de Vasco Pascoal/Diogo Rocha, e os primeiros depois de um grande jogo de padel acabaram por vencer a contenda por 6/4 e 6/2 e confirmar que continuam a ter uma palavra a dizer no padel nacional. Tiago Santos fez um jogo memorável e Pedro Plantier carregou o piano à direita sem proporcionarem grandes chances à dupla adversária. Do outro lado os Espanhois continuavam a jogar um padel simples e eficaz e sem grandes alaridos venceram João Bastos/Miguel Oliveira por 6/1 e 6/2, demonstrando assim toda a sua experiência e fundamentos básicos ainda acima dos jogadores portugueses. Não se pode dizer que Oliveira/Bastos tenham jogado mal mas a leitura de jogo, os recursos defensivos, colocação de bola e capacidade ofensiva dos adversários foram claramente evidenciados.

Na final queria ver-se o que Pedro Plantier/Tiago Santos poderiam fazer contra esta dupla, mas as coisas não foram muito diferentes. Os espanhóis jogaram com muita calma e paciência, aplicando os fundamentos que tinham estado a ensinar no estágio que ministraram, e quem estava de fora pode comprovar que o que ensinaram nesse mesmo estágio foi o que puseram em prática para vencer os portugueses por 6/1 e 6/3. Ou seja Pedro Plantier/Tiago Santos apesar de toda a habilidade e capacidade técnica que têm não tiveram ainda tempo para assimilar tudo o que aprenderam e pô-lo em pratica com jogadores deste calibre, mas pode ver-se uma grande evolução no jogo de todos os portugueses e foi uma excelente oportunidade para ver onde estamos com relação à vizinha Espanha – a distância já não é assim tão grande e em breve vamos ter bons resultados. Parabéns a Alvaro Matador e António Pincho pela sua vitória no troneio, sempre com grande desportivismo e respeito pelos nossos jogadores.

O árbitro foi Tiago Netto mais uma vez e não houve situações de maior a referir. O torneio decorreu animadamente e sem warnings.

Um obrigado ao patrocinador por continuar a investir esta modalidade e por um excelente fim-de-semana com um padel de qualidade e muito desportivismo. Os participantes não faltaram à chamada no Tamariz Sábado à noite e foi em ambiente de grande amizade uma noite memorável em que todos deixaram a competição de lado e fomentaram amizades que só o desporto faz.

Não falte à próxima prova pois será mais uma oportunidade de somar pontos para o Masters BMW onde estarão presentes os melhores 16 Nivel I Masculinos, a disputar €5.000 euros em prize money, e os melhores 8 em todas as restantes categorias a disputar prémios fantásticos.

Bom padel
Ler tudo

Última actualização

3 de Setembro de 2013, às 16h55

Veja as fotografias da prova aqui

Níveis

Pares Masculinos Federados I
Pares Femininos Federados I
Pares Mistos Federados I
Pares Masculinos Não Federados II e III
Pares Femininos Não Federados II e III
Pares Mistos Não Federados II e III

Inscrições

Até às 18h00 do dia 21 de Agosto para o email geral@fppadel.pt ou
inscricoespadeltamariz@hotmail.com.

Sorteio

Dia 22 de Agosto às 10h00 na sede da Federação Portuguesa de Padel.

Preços

Pares Masculinos Federados I: 25€/Jogador
Pares Femininos Federados I: 9€/Jogadora
Pares Mistos Federados I: 12,5€/Jogador(a)
Pares Masculinos Não Federados II e III: 17€/Jogador
Pares Femininos Não Federados II e III: 12€/Jogadora
Pares Mistos Não Federados II e III: 15€/Jogador(a)

Desconto 5€ na 2ª modalidade

Juiz Árbitro

Tiago Netto - 917 980 642

Transmissão dos jogos

Evento transmitido em Live Stream através do site da Federação Portuguesa de Padel, www.fppadel.pt

Organização

Play Padel
Federação Portuguesa de Padel

Parceiros

NOX - Makes you improveCulto da Imagem
Voltar
Head Official Ball Physioclem Aysa