Comunicado Geral aos Filiados - Validade das Licenças
Alertamos aos Filiados que todas as licenças são válidas por 1 ano cívil, ou seja de 01 de Janeiro a 31 de Dezembro.

Assim, recomenda-se que caso pretendam proceder à filiação na FPP apenas para 2023, que procedam apenas após 01 de Janeiro.

Ponto 2.6 do Regulamento Geral da FPP

VALIDADE
A licença FPP é anual com validade de 1 de Janeiro a 31 de Dezembro de cada ano (...).
MENSAGEM DO PRESIDENTE - Campeonato Mundial de Absolutos FIP
MENSAGEM DO PRESIDENTE 20221103
Campeonato Mundial de Absolutos FIP


Como todos os praticantes saberão, por esta altura disputa-se o Campeonato do Mundo de padel por Equipes Absolutos, no Dubai, e Portugal enviou as suas Selecções Nacionais de Homens e Senhoras. Apesar de sermos um país relativamente novo no panorama mundial, se nos compararmos com outros que nos anos 80 do Século passado já disputavam mundiais e circuitos profissionais, a verdade é que o nosso país tem evoluído muito rapidamente, sendo até para alguns uma referência a vários níveis.

Portugal organizou nos últimos 10 anos, 1 mundial, 2 europeus, 12 provas do WPT, 4 provas do APT, 2 EuroChampions Trophies, 1 EuroAmerica, diversos encontros com selecções de Espanha, e criou um dos, ou talvez o maior mesmo, circuito nacional em todo o mundo em termos de número de provas e prize-money.

O Team FPP (Selecção) foi exactamente um programa que criámos para apoiar os atletas que mostraram condições de evolução mais rápida, e para que os pudéssemos expor à competição Internacional. Fruto disso, no último Mundial em que participámos ficámos em 3º lugar em Femininos e 5º lugar em Masculinos, fazendo de nós um país a ter em conta no grupo de países à parte da Espanha e Argentina que estão num patamar diferente, juntamente com a selecção de Masculinos Brasileira. E por isso mesmo Portugal partiu com grandes ambições para este mundial, onde sonhava fazer ainda melhor e encher o peito dos portugueses com alegria e orgulho.

Infelizmente, e fruto da habitual “má sorte” nos sorteios, e alguns compreenderão o entre aspas, em Masculinos calhámos num grupo com a Espanha, com quem não podemos ainda ombrear, e a cruzar com o Brasil nos 1/4os de Final, depois de ter ganho à Gra-Bretanha e ao Uruguay num encontro dificílimo – lembro que o Uruguay é um dos países fundadores da FIP e com quem há meia dúzia de anos não tínhamos a mínima chance. Ou seja, estamos a cumprir o esperado e temos agora a 3ª potência do mundial pela frente, que num bom dia pode ombrear com Espanha e Argentina – basta verem alguns dos nomes que vos entram pelos écrans de televisão adentro nas provas do WPT. Já em Femininos esperávamos muito das senhoras, porque a qualidade do jogo delas a isso nos habituou já. Na fase de grupos e com “má sorte” no sorteio, tínhamos que terminar em primeiro do grupo para evitarmos a Espanha nos 1/4os, e num encontro onde não estivemos bem e que na minha opinião ganharíamos 4 em 5 vezes que jogássemos, infelizmente perdemos com a Itália, o que, na realidade, só nos permitirá disputar agora o 5º lugar neste mundial.

Se isso é mau para os mais exigentes, que têm direito a ter a sua opinião, o que é ainda pior é assistir a atitudes e comentários nas redes socias e grupos, de gente que torce para que Portugal perca quando joga além-fronteiras.
Não consigo entender como alguém que se diz português, porque português só será no Cartão de Cidadão, pode desejar o mal da selecção nacional e, pior que isso, regozijar com as derrotas da selecção nacional. 

É uma pena ver os valores do desporto completamente invertidos e ver gente a tentar afectar negativamente atletas que dão o sangue e suor pela pátria. As pessoas não sabem o espírito de equipe que existe nesta nossa selecção e que lá fora é apreciado por todos. Não sabem a alegria que os nossos atletas transmitem às outras selecções, e que para além da qualidade de jogo que TODOS demonstram em campo, bem como as várias demonstrações de desportivismo, aquilo que se sacrificam e a dedicação que dão às cores da nossa bandeira. Já vi muitas selecções em diversos desportos e confesso que como esta, não vi muitas. Tenho orgulho nesta selecção, em todos os oito elementos femininos e oito em masculinos, na equipe técnica, e no dirigente que os acompanha. Os portugueses deviam orgulhar-se ao ver como vencem as adversidades, jogam lesionados, com dores, e se atiram a cada bola como se fosse a vida deles que estivesse em jogo.

Por isso, não posso deixar passar certas críticas dos covardes que se escondem nas redes sociais, ou que só falam, pelas costas, ou nos grupos de whatsapp, e aproveitam todas as oportunidades para deitar abaixo cada acto menos conseguido da nossa selecção.

Se alguém é culpado por não termos melhores resultados, podem culpar-me a mim, mas deixem a selecção em paz. Fui eu que contratei o seleccionador, fui eu que aceitei o treinador-adjunto, fui em que assinei o protocolo com a fisioterapia, fui eu que nomeei o director de selecções. Com as críticas a que já assisti à selecção feminina, se não estão de acordo com as escolhas das jogadoras ou acham que deveriam ter sido outras, desafio qualquer um, qualquer dupla portuguesa a apresentar-se e jogar contra quaisquer duas jogadoras dessas oito e a ganhar-lhes. Sem desrespeito para qualquer jogadora que ambiciona estar nesse grupo restrito, ao dia de hoje não ganha. O seleccionador escolheu-as por alguma razão, e quem achar que há um melhor, que o apresente para fazermos meças e ver se haverá algum que mais sabe de padel do que ele, ou algum adjunto que combine tão bem e seja tão motivador, ou um Físio com melhor CV do que o nosso.

Querem criticar, critiquem-me a mim, mas deixem de perturbar esta selecção nacional, sobretudo a de senhoras, porque isso não lhes faz bem. E quando se lembrarem de criticar, pensem bem na figura que os críticos fariam, frente às melhores selecções do mundo, quando não há ninguém que queira ganhar tanto como elas, e que tenha ficado mais triste de não ter dado aquele ponto que precisávamos para vencer a Itália. O que acham que vão conseguir? Quantos desses críticos covardes e sem nada de positivo a aportar, alguma vez na vida fizeram algo merecedor de elogio ou algum sacrifício a defender a bandeira? 

Ando no desporto há muitos anos e confesso que nunca vi nada assim. Tenho pena e nunca ligaria a isto, pois são meia dúzia que se tentam multiplicar, e comentários desses e gente dessa não é merecedora que qualquer atenção, mas quando isso afecta os integrantes da selecção, quando isso afecta as nossas cores nacionais, então há que impor um limite.

Como vos digo, aqui não há um ou outro, são todos um, que quando ganha, ganham todos e quando perdem, perdem todos. Esta selecção é bonita de ver jogar e é bonita de ver apoiar. Vejam os jogos e ouçam-nos cantar. Portugal deveria estar orgulhoso e deveria apoiar, pois quem vive isto de perto sabe o quanto custa a cada um deles chegar onde chegou. É fácil ganhar e viver nas vitórias, o difícil é estar lá nas derrotas. Para os que nada fazem nem nunca ganharam nada, o fácil é criticar, insultar e denegrir os atletas que tiveram a coragem de vestir a camisola e dar a cara por todos nós. Calei-me, e continuaria calado, sempre que os insultos foram dirigidos a mim, sempre que os “críticos sem rosto” tentaram prejudicar o funcionamento da federação e o desenvolvimento do padel visando a minha pessoa, mas a linha está traçada quando o alvo são os nossos atletas. Isso não!

Pois aqui estou, à vossa disposição, o culpado desta “desgraça” toda, para insultarem e dizerem mal. Querem fazer mal, façam-me a mim, mas deixem em paz a nossa selecção. Entre os atletas não há culpados, há portugueses que metem aquela bandeira às costas e cantam o hino como ouvi poucos cantar. Não será isso por si só motivo de orgulho?

Eu tenho, e muito, e não dormiria em paz se não saísse em defesa deles. De todos eles, dos que ganharam e dos que perderam, porque todos tentaram da mesma maneira, e sozinhos não ganham nada.

Esta selecção é realmente tudo o que Portugal é. Um grupo de homens e mulheres que foram para longe, longe das famílias e dos que lhes são queridos, para trazerem o melhor possível a Portugal, que fazem da equipe mais forte que a soma das individualidades, que deixa tudo em campo e disputa os encontros com ética e desportivismo. Se antes era impensável sonhar ganhar ao Brasil em Masculinos, porque em Femininos já o fazemos, tenho a certeza de que, independentemente do que agora suceda, já entram em campo a acreditar que podem ganhar ao Brasil, e podem - e isso por si só diz tudo desta delegação. A cair, cairão de pé, dando, como em femininos, tudo para fazer o melhor por Portugal.

Quando chegarem, seja qual for o lugar, lá estarei para os receber no aeroporto, orgulhoso desta equipe e de tudo o que fazem por Portugal. Parabéns, Team FPP, parabéns Equipe Portuguesa. Não trocaria um de vós e tenho a certeza que lutarão juntos até ao fim. E tenho a certeza também de que Portugal está convosco.

Pau Pau Pau, Portugal, Portugal, Portugal!!!!!!
 
Abertura de Inscrições - Formação Contínua de Dirigentes - 19 de Novembro de 2022 - Online
Caro(a) Filiado(a),

Vimos por este meio anunciar, que estão abertas as inscrições para a Formação Contínua de Dirigentes – 19 de Novembro de 2022 - Online.

Formadores: João Paulo Almeida, Ricardo Oliveira, Raquel Mascarenhas e André Dias Ferreira.

9:00-10:30 - Organização Desportiva - JPA

10:45-12:15 - Club Management - RSO

12:00-13:30 - Arbitragem - RM

15:00-16:30 - Direito Desportivo - CADF

 
Inscrições para: secretaria@fppadel.pt

Data limite de Pagamento: 02 de Novembro às 13h00

Custo participação: 75€ p/pessoa

Nota: Os formandos que tenham a sua inscrição aprovada e paga, não poderão ser reembolsados a 5 dias da abertura da Formação.
 

Aqueles que pretenderem ter a Licença de Diretor de Prova a partir de 2023 (inclusive), terão de frequentar esta Formação Contínua.


Inscreve-te Já!
6º Curso de Treinador de Padel - Grau I – Novembro de 2022 - Lisboa
6º Curso Treinador de Padel Grau I:

Componente Geral (Teórica) – Sede FPP: 18, 19, 20 | 25, 26 e 27 de Novembro 2022.
Componente Específica – Sede FPP: 4 Dezembro (19h-23h).
Componente Específica (Prática) - Zone Pro Padel: 5, 6 e 7 Dezembro 2022 (9h-13h e 14h-18h).
Componente Específica (Prática) – FPP e Zone Pro Padel: 8 de Dezembro 2022 (9h-11h30 nas instalações FPP e das 12h-17h30 no Zone Pro Padel).
 
Nota: Se residir a mais de 150km de Lisboa, pode fazer a Componente Geral de forma online (Plataforma Zoom). Para tal, é necessário o envio do comprovativo de residência.

Estágio: Duração mínima de 6 meses num clube filiado na FPP acompanhado de Tutor com cédula de treinador IPDJ válida obrigatoriamente, e aconselha-se que o mesmo tenha a Licença de Treinador FPP em dia.
 
Dispensa da Componente Geral: Licenciados em Educação Física e Desporto, mediante apresentação do Certificado de Reconhecimento de Competências, que deverá solicitar na Plataforma PRODesporto do IPDJ; ou apresentação do Diploma de Qualificação (a partir de 20 Março de 2020, com as mesmas unidades de formação do Curso de Treinador de Padel Grau I).
 
Após emissão do Diploma de conclusão do curso, ficará habilitado(a) à Cédula de Treinador de Padel - Grau 1

Valor do curso: 695€
Limite de inscritos: 30 Formandos 
 
Tendo em conta a situação atual, as datas da Componente Especifica poderão vir a sofrer alterações.

São necessários os seguintes pré-requisitos (enviar vídeo para secretaria@fppadel.pt) - Critério de sucesso 50% dos lançamentos para cada técnica:

Lançamentos:
- 5 lançamentos para vidro lateral;
- 5 lançamentos para direita com vidro;
- 5 lançamentos para esquerda com vidro;
- 5 lançamentos para duplo vidro que abre;  
- 5 lançamentos para duplo vidro que fecha;
- 5 lançamentos para vólei de direita;
- 5 lançamentos para vólei de esquerda;
- 5 lançamentos para bandeja.
 

Execução da Técnica:
- Direita simples;
- Esquerda simples;
- Direita com vidro;
- Esquerda com vidro;
- Vólei de direita;
- Vólei de esquerda;
- Bandeja.
 
ENVIAR (EM FORMATO PDF): 
- Preenchimento da Ficha de Inscrição (solicitar através de secretaria@fppadel.pt);
- Escolaridade Mínima Obrigatória (Certificado de Habilitações) 
- Dispensa de Frequência da Componente Geral? – Deverá remeter-nos o Certificado de Reconhecimento de Competências, ou Diploma de Qualificação de acordo com o mencionado acima.

Os interessados devem enviar a ficha de inscrição preenchida, certificados, vídeo(s) dos pré-requisitos e efetuar o pagamento (necessário enviar comprovativo do mesmo) até às 13h do dia 02 de Novembro de 2022.

Mais informamos que os primeiros a entregarem os documentos solicitados e a efetuarem o pagamento, ficarão elegíveis para frequentar o 6º Curso de Treinador de Grau I e aos formandos que tenham a sua inscrição aprovada e paga, o valor da mesma não será devolvido a 5 dias da abertura do Curso.

Em caso de dúvida não hesite em contactar.
 
Inscreva-se já!
Campeonato Europeu de Jovens da FIP 2022 - Vice-campeões!
Vice-campeões!

A participação de Portugal no Campeonato Europeu de Jovens da FIP terminou com um resultado notável da equipa masculina, que apenas cedeu para a Espanha, na final, sagrando-se Vice-Campeã! 

Na prova por equipas feminina, Portugal ficou pelo sexto lugar, sendo que por apenas alguns detalhes falhou uma posição mais fiel à qualidade das nossas atletas.

Os nossos parabéns a todos os elementos da Selecção Nacional, atletas e equipa técnica, que contribuíram para mais uma presença digna numa competição internacional, solidificando o estatuto de Portugal como potência europeia do Padel, mesmo com a falta de tempo de preparação que as circunstâncias ditaram.
Força Portugal!

Padel ON!
Abertura de Inscrições - Formação Contínua de Padel Juvenil - 12 de Novembro de 2022 - Lisboa
Caro(a) Filiado(a),

Vimos por este meio anunciar, que estão abertas as inscrições para a Formação Contínua de Padel Juvenil - Modelo de Formação da Base ao Topo – 12 de Novembro de 2022 - Sede FPP (9:00-12:00 e 14:00-17:00).
 
Inscrições para: secretaria@fppadel.pt 

Data limite de Pagamento: 28 de Outubro às 13h00
Custo participação: 75€ p/pessoa

Nota: Os formandos que tenham a sua inscrição aprovada e paga, não poderão ser reembolsados a 5 dias da abertura do Curso.

Inscreve-te Já!
 
Abertura de Inscrições - Formação Contínua de Padel Adaptado - 09 de Novembro de 2022 - Online
Vimos por este meio anunciar, que estão abertas as inscrições para a Formação Contínua de Padel Adaptado – 09 de Novembro de 2022 - ONLINE.

Inscrições para: secretaria@fppadel.pt – inscrições limitadas a 30 vagas.

Data limite de Pagamento: 28 de Outubro às 13h00
Custo participação: 75€ p/pessoa

Inscreve-te Já!
 
Convocatória Campeonato do Mundo de Padel de Absolutos 2022
Já é conhecida a lista de convocados para representar Portugal no Campeonato do Mundo de Padel de absolutos! 

Força Portugal!

Padel On!
Portugal no Mundial!
Portugal no Mundial!

A Selecção Nacional conseguiu, de forma contundente, o apuramento para os Campeonatos do Mundo de Padel em Absolutos. As equipas portuguesas de femininos e masculinos ultrapassaram sem mácula a disputa da fase de qualificação, que teve lugar em Derby, no Reino Unido, contando por vitórias todos os jogos disputados.

Os Campeonatos do Mundo de Padel arrancam no Dubai, a 31 de Outubro.

Parabéns a todos pelos resultados e pelo empenho demonstrado com a camisola de Portugal!

Padel ON!
Carregar mais...